coelha corajosaEra uma vez uma coelha que se chamava Mafalda. Ela vivia numa casa pequenina de madeira bem decorada. A Mafalda tinha uma grande missão que era encontrar o Remédio Santo para salvar uma amiga humana cujo nome era Laura.

Antes de partir para a sua missão, começou a achar que era necessário pedir ajuda aos seus amigos. Então, telefonou-lhes:
- Olá. Preciso urgentemente da vossa ajuda! Tenho uma missão muito importante para cumprir.
- Claro, Mafalda! A que horas é para estar aí? – Pergunta um deles.
- Não tem horas! É mesmo agora! – Responde a Mafalda.

Em seguida todos se reuniram no local onde costumavam brincar. Depois foram por um caminho que estava assombrado, o chamado Caminho das Trevas. A coelhinha não queria continuar a atravessar o caminho e disse:
- Acham que sou burra? Pelo contrário, sou muito corajosa, mas acho este caminho demasiado perigoso. Devíamos tentar mudar de rumo.

Mas os amigos convenceram-na, visto que já não havia mais tempo a perder. Uns metros mais à frente apareceram lagartas elétricas e venenosas com muita vontade de comer tudo o que lhes aparecesse à frente! Um dos amigos da Mafalda, o coelho Gaspar, tinha um amuleto mágico poderoso, então, pronunciou as seguintes palavras mágicas:
-Abracadabra, quero atravessar esta estrada assustadora com os meus amigos e livrar-me de todos estes perigos.

E assim aconteceu! Por fim conseguiram livrar-se daquelas lagartas, mas não de todos os perigos. Depois depararam-se com um monstro tão gordo, tão nojento que fez com que a coelhinha vomitasse só de olhar para ele. Esta figura horrenda queria comer todos os amigos. A Mafalda lembrou-se de um truque para despistar aquele horrível monstro, encontrando assim o Remédio Santo.

Quando voltou para acabar a sua missão, a coelhinha encontrou a Laura desmaiada. Então, rapidamente, lhe deu todo o remédio e esta sobreviveu.